Ao receber uma nota fiscal de beneficiamento ou industrialização, é muito comum o fornecedor colocar na mesma nota fiscal a cobrança do serviço feito e também o retorno simbólico da matéria-prima que sofreu a industrialização. Ou seja, na mesma nota fiscal existem valores que você vai pagar e existem valores que não serão pagos pois são apenas retornos de material.

No Omie você "pilota" essa situação facilmente. No item do recebimento da nota fiscal existe uma opção que permite você indicar que determinado item não deve compor o total a pagar que vai ser gerado no financeiro:

E ainda visualiza essa opção para toda a nota fiscal:

E como resultado final temos a visão de quanto de fato será levado para o financeiro em função do que foi indicado nos itens:

Não esqueça de ver alguns detalhes importantes no artigo de "Recebimento da NF-e de Fornecedor".

Encontrou sua resposta?