Quando o cliente passa a utilizar o sistema, uma das principais etapas de configuração feitas por ele é o cadastro e personalização do plano de categorias.

Toda e qualquer movimentação feita pelo cliente é obrigatório o uso de uma categoria para classificar a natureza do movimento, é através delas que faremos a vinculação de Categorias x Plano Contábil:

1 – Categoria: Nessa coluna o sistema mostra todo o plano de categorias cadastrado e personalizado pelo cliente, que são divididas em dois grandes grupos, Receitas e Despesas, e em subgrupos menores que determinam direcionamentos operacionais;

2 – Conta Contábil do seu Plano: Quando já configurado, nessa coluna o sistema mostra como está a configuração do lançamento ou a conta contábil utilizada.

Para fazer a configuração basta clicar duas vezes sobre a categoria selecionada ou clicar na opção “Clique aqui para alterar a conta contábil desta categoria”, na sequência o sistema mostrará a tela:

Cada um dos campos acima tem uma particularidade quando se trata da contabilização, a seguir veremos como cada uma das opções funciona na hora de gerar o arquivo:

1 – Deverá gerar os lançamentos de provisão e de baixa contábil: Ao selecionar essa opção o sistema fará primeiro um lançamento de provisão com base na data de registro (selecione na lupa a conta contábil que receberá o lançamento a Crédito, no caso de categoria de Receita ou a Débito no caso de categoria de Despesa, utilizada também para o SPED). O lançamento de contra partida é feito automaticamente na conta de Cliente ou de Fornecedor, dependendo do tipo de categoria. A baixa contábil será feita com base na data de recebimento ou pagamento diretamente na conta contábil da conta corrente configurada na etapa anterior;

2 – Deverá gerar apenas lançamentos de baixa (sem provisão contábil) – Receita x Banco: Ao selecionar essa opção o sistema não fará o lançamento contábil da provisão, somente o lançamento de baixa. O lançamento contábil de baixa será feito de acordo com a conta contábil indicada e selecionada na lupa diretamente contra a conta contábil configurada nas contas correntes;


3 – Deverá gerar apenas lançamentos de baixa (sem provisão contábil) – Cliente x Banco: Ao selecionar essa opção o sistema não fará o lançamento contábil da provisão, somente o lançamento de baixa. O lançamento contábil de baixa, diferente da opção anterior, não tem necessidade de indicar uma conta contábil na lupa para receber o lançamento, o sistema fará automaticamente usando uma conta contábil de cliente ou fornecedor (configurada em outra etapa) contra a conta contábil configurada nas contas correntes.

4 – Não deverá gerar nenhum lançamento contábil: Ao selecionar essa opção o sistema não fará nenhum lançamento contábil relacionado a categoria.


5 – Definir uma Conta Contábil de Contrapartida para esta categoria: Esse campo só aparece caso a primeira opção seja selecionada, por regra o sistema gera a contrapartida em uma conta de cliente ou fornecedor, por outro lado, caso queira alterar essa contrapartida padrão basta clicar no link, o sistema habilitará um novo campo para você indicar qual conta contábil deseja que o sistema faça a contrapartida da provisão.

Feito essa configuração basta clicar em confirmar.

É necessário fazer a configuração de todas as categorias cadastradas, seguindo os passos mostrados anteriormente para garantir a integração dos lançamentos com o software contábil.

Pronto! finalizamos a configuração da quinta etapa do passo 3 - Integração Contábil 😊

Para saber como configurar a próxima etapa F – Clientes e Fornecedores, clique aqui.

Encontrou sua resposta?