Quando você emite uma Nota Fiscal de Remessa para seu cliente ou fornecedor, essa nota não tem cobrança associada e é muito comum em operações como remessa para demonstração, bonificação, brinde, transferência, conserto, industrialização, entre outras.
Alguns desses produtos que foram remetidos podem retornar para a empresa, o que é chamado de Retorno de Remessa.

1. Criando o Retorno de Remessa: acesse o módulo Vendas e clique em "Exibir todas" no item "Remessa de Produto":

2. Selecionando a Remessa que deseja realizar o Retorno: nessa área você vai encontrar todas as Remessas que foram criadas; selecione e dê um duplo clique na desejada:

3. Criando a Nota de Retorno: na exibição das informações da sua Remessa, clique em "Devolver" e confirme clicando em "Sim":

4. Confirmando as informações: o sistema já preenche sua nota de entrada (Retorno de Remessa) baseado nas informações da nota de origem (Remessa de Produtos):

5. Faturando sua Nota de Retorno: agora é só faturar, clicando em "Concluir Retorno de Remessa":

Pronto!!! Só aguardar a comunicação com a SEFAZ do seu Estado e sua Nota de Retorno de Remessa está emitida...

Custo do Produto

Um ponto importante a ressaltar é que nesta nota de Retorno, o custo do produto a ser considerado será o custo médio contábil (CMC) original do produto que foi remetido. Caso queira visualizar este custo, selecione o produto dentro do Retorno que está criando e clique em "Editar Item":

Na aba "Custo de Estoque" você analisa o CMC original da Remessa associada:

;)

Encontrou sua resposta?