No OneFlow você não precisa ficar configurando os anexos dos Simples Nacional de cada serviço prestado pela empresa. O sistema já vem devidamente configurado para você usar.

Mas como o sistema sabe qual é o anexo do serviço prestado?
Quando uma NFS-e é emitida no Omie, é destacado no documento o código municipal do serviço prestado. Esse código municipal, está relacionado a um código de serviço da tabela federal (dependendo da situação, essa informação poderá estar na própria O.S. do Omie).
Sabendo então qual é o código do serviço federal o OneFlow relaciona o mesmo com uma das atividades do PGDAS, que por consequência está ligada a um dos anexos do Simples Nacional.

Ok. Mas como alterar isso?
Primeiramente você precisa identificar qual é o serviço federal que deverá ser alterado. Essa informação pode ser visualizada nos detalhes do documento fiscal:

Uma vez que você já identificou o serviço federal que deverá ser alterado, siga os seguintes passos:

1. Dentro do fiscal da empresa desejada, acesse as "Tabelas Fiscais" clicando no menu "Fiscal" (1) e depois na opção "Tabelas / Exibir todas":

2. Você será direcionado para a rotina de Tabelas Fiscais. Clique na opção "Serviços Federais":

3. O sistema irá listar então a tabela federal de serviços (conforme Lei Complementar 116/2003). Selecione o código de serviço desejado (1) e clique em "Alterar as configurações (2)":

4. O sistema irá exibir uma janela contendo as atividades econômicas (conforme tabela oficial do PGDAS) que estão vinculadas ao serviço em questão na aba "Simples Nacional":

Note que no nosso exemplo, o serviço federal "1.02 - Programação" está vinculado às atividades "7.2" (ISS devido a outro município), "7.3" (ISS devido ao próprio município), "7.4" (com retenção de ISS) e "9.2" (exportação) do PGDAS. Todas elas são do anexo V.

Vamos supor que eu quero alterar esse serviço do anexo V para o anexo III. Primeiramente eu preciso excluir o conjunto de atividades do anexo V. Para isso, é necessário selecionar cada atividade e clicar no botão "Excluir Vinculo".

5. Excluído os vínculos, é hora de incluir os vínculos novos. É necessário determinar quais serão as atividades correspondentes ao novo anexo. Para isso, basta clicar na opção "Vincular atividade". Será aberta a seguinte tela:

Nessa tela, será necessário então indicar todas as atividades econômicas compatíveis com o serviço. No nosso caso, precisaremos indicar as atividades 7.5, 7.6, 7.7 e 9.3:

Importante: os serviços e as atividades utilizadas nesse documento são apenas exemplos. Em cada alteração de atividade x serviço, o contador deverá analisar quais são os itens correspondentes ao serviço que está sendo alterado.

Já alterei. Preciso fazer mais alguma coisa?
Depende. Sabendo que o OneFlow escritura e calcula automaticamente os impostos dos documentos, caso já exista documentos escriturados com a configuração "antiga", será necessário recalculá-los.
Para fazer isso, acesse a opção "Fiscal / Escriturações / Exibir escriturados" para ter acesso aos documentos fiscais:

Será aberta a tela de consulta dos documentos fiscais. Certifique-se que está visualizando todos os documentos de serviços prestados (1), selecione todos os documentos (2) e (3), e depois clique em "Reprocessar" (4):

Após o processamento dos documentos, se todos forem processados corretamente, será exibida a seguinte mensagem:

Pronto! Você alterou a configuração do sistema e reprocessou os documentos da competência. A partir da alteração, os próximos documentos que forem escriturados seguirão a nova configuração.

Encontrou sua resposta?