Para emitir um DRE (Demonstrativo do Resultado do Exercício) siga os seguintes passos:

1. Configurar estrutura do DRE

Para emitir o DRE, é necessário que você tenha a estrutura criada. Clique aqui para mais detalhes sobre como fazer isso.

2. Geração da DRE

Acesse a opção "Contabilidade (1) / Demonstrativos / DRE (2)":

Será aberta então a tela de emissão do demonstrativo para que você indique como deverá ser a geração:

  • (1) Configurações: Aqui você poderá indicar as características que serão seguidas para a geração do DRE. Essas informações serão armazenadas e as próximas emissões seguirão essas definições.

  • (2) Empresa: Ao acessar uma matriz, esse campo estará habilitado para que você possa filtrar por estabelecimentos.

  • (3) Período: Indique a competência inicial e final para emissão do demonstrativo.

  • (4) Formato: Existem duas opções de geração:

    • Relatório: Essa é a opção para emissão tradicional do relatório, ou seja, gerar uma impressão contendo os dados existentes no sistema. Ao selecionar esse item, o sistema permitirá que você informe qual é a versão que deseja (para conferência ou oficial), o idioma e também o contador que irá assinar o mesmo (esse último é opcional).

    • Consulta: Ao indicar essa opção, o sistema irá abrir o demonstrativo em tela e isso permitirá que você navegue entre as contas contábil.

  • (5) Tipo de Balancete: Existem as seguintes opções:

    • Análise Horizontal: Tem como objetivo analisar se os valores apresentados no demonstrativo/relatórios cresceram ou diminuíram em comparação aos períodos anteriores. Sendo assim a "AH" como é popularmente conhecida permite que seja realizada a análise e comparação sobre a evolução de cada conta ou item de estrutura.

    • Análise Vertical: que diferentemente da Análise Horizontal, é analisada a própria coluna do período selecionado, ela tem como objetivo medir percentualmente cada item de estrutura ou conta em relação ao todo no qual faz parte, permitindo realizar análises e comparações se forem utilizadas mais de um período. Em resumo, ela demonstra qual a relevância de cada conta ou item de estrutura em relação ao grupo que ela pertence.

    • Centro de Custos X Conta Contábil: Esse relatório tem como base demonstrar todos os centros de custos utilizados no período selecionado relacionando com cada conta contábil que foi realizado o lançamento. Dessa forma você pode realizar uma análise da movimentação, e verificar todos os centros de custos em que houve movimentação e em quais contas foram utilizados.

    • Conta Contábil X Centro de Custos: que demonstra de uma forma completa o balancete do período selecionado junto com os centros de custos utilizados em cada conta contábil. Assim é possível realizar uma análise geral da movimentação da empresa juntamente com a informação dos centro de custos.

    • Verificação: Esse relatório é o tradicional que conhecemos, demonstrando os valores da estrutura do DRE.

  • (6) Valor a considerar: Esse campo não é habilitado na emissão do DRE. Ele serve para emissão de outros demonstrativos.

  • (7) Versão: Quando o período consultado não estiver finalizado, o sistema gerará o DRE no formato "Conferência" (com indicação no PDF que o período está aberto) ou "Oficial" (sem indicação de pendência).

  • (8) Idioma: Quando estiver habilitado para a empresa, será possível a emissão do relatório em outros idiomas.

  • (9) Contador: Selecione um contador para a geração da assinatura ao final do demonstrativo.

Formato do relatório

Caso você tenha marcado a opção "Relatório", ao clicar em "Gerar" o sistema irá abrir um PDF contendo o demonstrativo gerado de acordo com as configurações determinadas:

Formato consulta

Ao gerar o DRE em modo "Consulta", o sistema irá carregar uma nova tela contendo 2 abas:

Resumo: Exibe indicadores com a totalização de receitas, custos, despesas, lucro e lucratividade. Gera também gráficos com a composição das receitas, dos custos, despesas e evolução dos totalizadores no exercício.

DRE: Essa aba, mostrará o demonstrativo em modo "navegacional". O OneFlow possui o conceito de drill-down nos demonstrativos que permite que você navegue do DRE até a transação que originou o lançamento contábil.

Ou seja, ao dar um duplo clique na linha desejada, o sistema abrirá as contas que compõe o item:

Ao dar um duplo clique na conta desejada, o sistema o sistema irá abrir o razão correspondente, iniciando pela aba "Análise de Conta":

Automaticamente o sistema gerará a análise horizontal, vertical, a totalização de lançamentos a débito e a crédito, além da média de movimentação. Note que graficamente o sistema ilustra quais são as contrapartidas mais utilizadas e a evolução da conta no exercício.

Já na aba "Lançamentos", o sistema irá mostrar a composição do movimento da conta:

Para acessar o lançamento contábil basta dar um duplo clique:

Uma vez no lançamento contábil, caso você queira visualizar a origem desse lançamento, basta clicar em "Ver Origem" (no canto superior esquerdo da tela). O sistema exibirá o documento fiscal, o contas a pagar ou o contas a receber que originou tal lançamento:

No caso ilustrado aqui, o lançamento contábil veio de uma nota fiscal... Ao clicar na opção "Ver Origem" no canto superior direito, o sistema irá abrir o item que originou essa nota lá no Omie:

Ou seja, você tem 100% de rastreamento dos lançamentos contábeis. Esse recurso funciona também para lançamentos originados do contas a pagar e receber do Omie, conforme ilustrado na imagem:

Encontrou sua resposta?