Não sabe o que é integração automática? Confira então o artigo "Entendendo os dois tipos de comunicação possíveis com as prefeituras".

Ainda não emitiu nenhuma nota pelo Omie? Então leia também o artigo "Como faço para começar a emitir Nota Fiscal de Serviço (NFS-e)?".

1. Acessando o Contrato de Serviço

Clique no menu e selecione a opção "Contratos a Faturar", no grupo "Contratos de Serviço".

2. Faturando o Contrato

Em função da vigência e do dia do faturamento definido em cada contrato, já indicamos exatamente quais contratos devem ser faturados em cada dia. Você visualiza e confirma quais são esses caras analisando a coluna "2. Faturar Hoje".

Basta clicar no botão "Faturar Todos", conforme indicado na figura acima, e a mágica acontece :)

Todos os contratos que você tem que faturar no dia são processados, e nesse momento a solicitação de emissão da nota fiscal será enviada para prefeitura de seu município.

Além disso, os contratos também passarão a aparecer na coluna "3. Faturados no Mês".

3. Acompanhando o faturamento

Depois de solicitar o faturamento dos contratos de serviço, você pode (e deve...) acompanhar a resposta da prefeitura.

3.1. Acessando o Contrato de Serviço

Clique no menu e selecione a opção "Contratos a Faturar", no grupo "Contratos de Serviço".

3.2. Analisando a resposta da prefeitura

O Omie demonstra através de uma representação em cores, destacada em cada card que representa o contrato e serviço conforme indicado na figura acima, o que está acontecendo:

  1. verde: sucesso! a solicitação foi autorizada pela prefeitura e a nota fiscal foi gerada. Nesse momento, após a autorização, a conta a receber será gerada no módulo "Finanças", de acordo com as condições que você informou.
  2. amarelo: a solicitação ainda está sendo analisada e processada pela prefeitura. Calma aí :)
  3. vermelho: a solicitação foi rejeitada pela prefeitura. Nesse caso a nota fiscal não foi gerada, e a conta a receber também não.

A atualização da situação de cada solicitação de emissão de nota fiscal (com suas respectivas cores) é feita de forma automática pelo Omie a cada 10 segundos. Porém, se você estiver com pressa, pode fazer essa atualização manualmente, pressionando o botão "Comunicação com a Prefeitura", conforme indicado na figura acima.

3.3. Entendendo e resolvendo "os vermelhos"

Quando uma solicitação de emissão de nota fiscal é rejeitada pela prefeitura, isso pode ocorrer por duas principais razões:

  1. a prefeitura está fora do ar. Sim, Terráqueos, a prefeitura vira e mexe fica fora do ar. Nessa situação, você não precisa fazer nada. O Omie entende que a prefeitura está "com gracinhas" e está fora do ar, e envia novamente a solicitação de tempos em tempos, automaticamente.
  2. alguma informação está errada na ordem de serviço, e foi criticada pela prefeitura. Aqui é com você: descubra e ajuste o que está errado. Para isso, acesse a aba "Comunicação com a Prefeitura" da ordem de serviço.

3.4. Verificando exatamente o que a prefeitura te falou

  1. marque a opção "Exibir todas as mensagens da comunicação com a Prefeitura". Ao marcar essa opção você visualiza todas as mensagens que a prefeitura retorna. Vários tipos de inconsistência podem ser apresentados, e isso varia muito de prefeitura para prefeitura. De forma geral, as mensagens são auto-explicativas. Você deve analisar cada uma, providenciar o devido ajuste, salvar a ordem de serviço e clicar no botão "Reenviar NFS-e". O Omie enviará novamente a solicitação de faturamento para a prefeitura.

Não lembra como chegar na ordem de serviço que foi gerada automaticamente pelo contrato? Então relembre lendo o artigo "Como visualizo o que foi faturado a partir do contrato?".

Em muitos casos a incosistência ocorre em função de algum campo não preenchido no cadastro do cliente. Confira também o artigo "Quais são as informações obrigatórias para emitir uma Nota Fiscal de Serviço (NFS-e)?". Pode ser muito útil :)

Encontrou sua resposta?