Quer começar a emitir nota fiscal pelo Omie? Parabéns! Isso quer dizer que seus negócios vão bem, e agora você precisa cobrar os clientes. U-hu! :)

Basicamente você precisa fazer 2 coisas:

  • garantir que os dados de sua empresa estejam corretamente preenchidos no cadastro.
  • importar seu "Certificado Digital A1"

Não sabe o que é um Certificado Digital? Calma, sem pânico. Nós te explicamos :-) . Confira o artigo "O que é um Certificado Digital".

1. Acessando as Configurações

Clique no ícone que parece uma "engrenagem" que fica à esquerda do seu nome, no canto superior direito, conforme indicado na figura acima.

2. Cadastro da Empresa

Clique na opção "1. Dados da Minha Empresa", conforme indicado na figura acima.

2.1. Dados Principais da Empresa

Para que seja possível a comunicação com as prefeituras e geração das notas fiscais, todos os principais dados da empresa devem estar corretamente preenchidos, conforme indicado na figura acima.

Dica: depois de preencher os campos não se esqueça de clicar no botão "Salvar", conforme destacado na figura acima.

2.2. Complementando o cadastro

Além das informações principais, também é necessário mais alguns dados. Para isso, acesse a aba "Informações Adicionais", conforme indicado na figura acima:

  1. Inscrição Municipal. Código que identifica sua empresa na prefeitura.
  2. Regime Tributário. É o perfil tributário que a sua empresa se encontra.

Dica: seu contador pode te ajudar bastante para descobrir essas informações.

Outra dica: depois de preencher os campos não se esqueça de clicar no botão "Salvar", conforme destacado na figura acima.

2.3. Habilitando a emissão das notas fiscais

Acesse a aba "Nota Fiscal - Serviço", conforme indicado na figura acima:

  1. marque a opção "Emite Nota Fiscal de Serviço Eletrônica para o Município"
  2. clique na opção "Ambiente da NFS-e: Homologação". Será apresentada outra tela para você indicar outras informações necessárias para a comunicação com a prefeitura, conforme demonstrado na figura abaixo.

2.4. Detalhes para comunicação com a prefeitura

  1. Ambiente da NFS-e. A grande maioria das prefeituras oferece dois ambientes para emissão das notas fiscais:
    Homologação: ambiente de teste. Todas as notas que você emitir nesse ambiente são apenas teste, sem nenhum valor fiscal. Recomendamos que as primeiras notas que você emita pelo Omie sejam no ambiente de homologação, para que você possa aprender e se familiarizar com o processo de emissão de notas.
    Produção: ambiente oficial. Todas as notas que você emitir nesse ambiente são válidas, com valor fiscal.
  2. Regime Especial de Tributação. Seu enquadramento fiscal / tributário junto a prefeitura. Essa informação você deve verificar com seu contador e/ou com a prefeitura de seu município.
  3. Cidade Prestação do Serviço. Dependendo da prefeitura, você deve indicar onde está prestando serviço. Isso afeta a apuração do seu imposto. Aqui você indica como quer que essa informação seja inicializada quando cadastrar uma nova ordem de serviço ou um novo contrato de serviço.
  4. Incentivador Cultural. Caso sua empresa seja enquadrada perante o Fisco como incentivador cultural, isso afeta a apuração do seu imposto, e você também deve verificar com seu contador.
  5. Exibir quantidade e valor unitário para os itens da Nota Fiscal. Ao habilitar esta opção, além da descrição do serviço informado será também exibida a quantidade e o valor unitário cobrado por cada serviço.
  6. Enviar informações das parcelas no e-mail. Envia as informações do parcelamento adotado para cobrar seu cliente no próprio corpo do e-mail com a NFS-e.
  7. Exibir valor líquido na Nota Fiscal. Em caso de retenções, o valor líquido será exibido na NFS-e.

Quando terminar de preencher as informações clique no botão "Confirmar"

Observação: as informações dessa tela podem mudar (mas só um pouco) em função de qual município está sua empresa.

2.5. Importando o Certificado Digital A1

Clique na opção "4. Certificado Digital (Modelo A1)". Será exibida outra tela para que você possa "subir" seu certificado, conforme indicado na figura abaixo.

2.6. Importando o Certificado Digital A1

  1. clique em "Importar meu Certificado Digital (modelo A1)"

2.7. Escolhendo o arquivo

  1. arraste aqui o arquivo.

2.8. Informando a senha do certificado

  1. informe a senha do seu certificado digital e aperte a tecla "tab". Na sequência será exibida uma mensagem de confirmação, conforme indicado na figura abaixo.

2.9. Confirmando o Certificado Digital A1

  1. clique no botão "Sim" para confirmar a utilização do certificado digital.

2.10. Confirmando tudo

Com as informações do Certificado automaticamente preenchidas, basta clicar em "Concluir"

3. Pronto :)

Fácil assim. Agora você já pode começar a emitir notas fiscais de serviço pelo Omie. Leia também alguns artigos que podem ser muito úteis:

E lembre-se também: você precisa se credenciar junto a prefeitura de seu município para poder emitir as notas. Seu contador pode te ajudar nesse processo.

Encontrou sua resposta?