Tudo pronto? O serviço está concluído? Então chegou a parte legal: faturar o serviço, emitindo a nota fiscal. E isso no Omie é mais legal ainda, pois é muito fácil.

Para isso, existem duas formas, dependendo do tipo de serviço que cada prefeitura disponibiliza:

  1. faturamento para prefeituras que possuem webservice de integração automática.
  2. faturamento para prefeituras que não possuem webservice de integração automática.

Você vai utilizar uma forma ou outra, dependendo do que a prefeitura de seu município disponibilizar. Certamente seu contador já tem essa informação e também pode te orientar.

Ninguém conseguiu te responder qual forma você deve utilizar? Liga pra gente e descobrimos juntos :)

Encontrou sua resposta?