A legislação que regulamenta as normas e diretrizes para emissão das Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e) determina que não pode haver nenhum "buraco" na sequência da numeração das notas. Ou seja, você não pode emitir a nota 10 e depois a nota 12. O Governo quer saber o que houve com a nota 11 (por exemplo, claro).

Esse tipo de erro é comum principalmente na migração de sistemas, quando você precisa indicar para o novo sistema em qual número de nota ele deve começar. Caso tenha ocorrido algum "buraco", a legislação prevê um mecanismo para que a situação seja regularizada: a inutilização de um número ou uma faixa de números de notas. Ao fazer isso você está explicando para o Governo que houve um erro no controle da sua numeração e que esses números de notas não serão mais utilizados. Apesar do nome ser complicado é só isso mesmo.

Agora você pode fazer isso no Omie acessando o "Painel de NF-e" e acionando a opção "Inutilizar NF-e":

Informe a numeração inicial e final que deve ser inutilizada:

E pronto! O Omie vai fazer toda a comunicação com a SEFAZ inutilizando a numeração informada, e trazendo de volta o número de protocolo de cada inutilização, que pode ser consultado no próprio painel. E o mais legal: isso também é enviado automaticamente para seu contador no começo do mês seguinte.

Fácil assim, como tudo o que fazemos por aqui. :-)

#produtividade

Encontrou sua resposta?