Além de informar a "categoria" e o "projeto", você pode indicar mais uma série de informações referentes a remessa de produto.

1. Tela da Remessa de Produto

  1. Categoria. Qual a classificação dessa remessa. Essa informação é levada para os relatórios de Remessa, e é muito útil para você identificar qual a origem/classificação da remessa. Não entendeu direito? Então leia o artigo que explica o que são "Categorias".
  2. Contato. Quem é sua pessoa de contato no cliente.
  3. Projeto. Se você está trabalhando em um projeto/atividade específico, pode indicá-lo aqui. Todos os relatórios de Remessa podem ser filtrados/analisados por essa informação.
  4. Nº. do Pedido do Cliente. Às vezes o cliente que te manda uma solicitação, que para ele é um "pedido de compra". Você pode indicar essa informação aqui.
  5. Nº. do Contrato de Venda. Da mesma forma que o item de cima, o cliente pode ter um contrato com você. É possível indicar esse número aqui.
  6. Adicionar uma NF-e, Cupom Fiscal, NFC-e ou SAT como relacionada. Você pode relacionar uma outra nota fiscal ou cupom fiscal para a emissão da sua Remessa.
  7. Dados Adicionais para a Nota Fiscal. Precisa informar algum texto específico na nota fiscal? Então digite esse texto aqui.
  8. Nota Fiscal para Consumo Final.

Depois de preencher os campos não se esqueça de clicar no botão "Salvar", conforme destacado na figura acima.

#DicadoDia "Esta remessa possui uma NF-e relacionada? Então clique aqui" e "Ou clique aqui se possui um Cupom Fiscal relacionado.", é muito utilizado para caso você precise realizar a devolução de uma nota fiscal ou a devolução de um cupom fiscal. Não deixe de ler também o que artigo que fala sobre "Criando uma Nota Fiscal de Devolução".

Encontrou sua resposta?