Após acessar o menu de configuração de impostos, para configurar o PIS necessário à sua operação, basta executar os passos a seguir:

Ao clicar na caixinha PIS, a tela a seguir será exibida:

1 – Situação Tributária do PIS: Selecione na lista do submenu a Situação Tributária (CST) correspondente a sua operação;


2 – Tipo de Cálculo para o PIS: Neste campo o sistema exibirá o tipo de cálculo previsto para a CST selecionada no campo anterior;

3 - Redução de Base do PIS (%): Destacar o percentual que será reduzido da sua base de cálculo.


4 – Alíquota do PIS (%): Indique o percentual correspondente ao cálculo do PIS;

5 – Vl. Mínimo de PIS p/ Unid.: Se para a sua operação estiver previsto pauta de PIS, neste campo você determinará o valor mínimo permissível do tributo por unidade de produto;

6 – Alíquota da PIS ST (%): Se para a operação estiver previsto ST (Substituição Tributária) de PIS, indique o percentual no campo;

7 – Exceção por NCM / Exceção por produto: Para PIS é possível determinar uma configuração geral, ou se necessário, configurar exceções por NCM e por produto.

Obs.: Caso tenha selecionado exceção por NCM ou Produto, os campos de preenchimento serão exatamente os mesmos, no entanto o sistema passará a considerar a situações específica que foi determinada na exceção.

IMPORTANTE

Esse manual indica como deve ser o preenchimento, os valores expressos em cada campo são exemplos ilustrativos. Em caso de dúvidas, entre em contato com o seu contador.

Encontrou sua resposta?