Antes de falarmos especificamente sobre a integração do Adiantamento de Clientes do Omie para o contábil do OneFlow, é válido lembrar sobre a importância de que o processo de registro dos valores no financeiro tenha sido entendido e realizado conforme os 4 passos que você pode visualizar aqui.

Identificando de onde se originam os lançamentos contábeis

Após ter realizado os 4 passos do processo de registro de Adiantamento de Clientes no Omie, é possível visualizar o fluxo da origem dos lançamentos contábeis:

E como os mesmos serão contabilizados:

O fluxo se inicia com a inclusão do Pedido de Venda (ou Ordem de Serviço) no Omie, que gerará 4 documentos que serão as origens para a integração dos lançamentos contábeis:

No Pedido de Venda, é informado o valor do adiantamento (aba Parcelas):

OBS.: A categoria para o adiantamento deve estar classificada como 'Receita'. No exemplo acima, a descrição está como 'Receita de Venda - NF', mas poderia ser (mais recomendado) 'Receita de Adiantamento de Clientes':

Após isso, é gerada automaticamente uma Conta a Receber referente ao valor do Adiantamento, que deverá ser baixada em seguida:

DOCUMENTO DE ORIGEM 1: Baixa Conta a Receber referente ao adiantamento

Essa Conta a Receber é o documento de origem do primeiro lançamento contábil gerado:

Lançamento Contábil:

Como foi configurado o lançamento no Plano de Contabilização Financeiro:

Veja que para a partida credora do lançamento de contabilização (transação 'Cliente'), foi adicionada uma exceção para a categoria (Receita de Venda - NF) da Conta a Receber:

E na aba 'Contas Correntes' do Plano de Contabilização está informada a conta contábil da c/corrente (Mastercard) usada na Conta a Receber:


DOCUMENTO DE ORIGEM 2: Lançamento a Pagar em C/Corrente

É o documento referente ao 'Lançamento a pagar em C/Corrente' que foi gerado no financeiro no momento da baixa do valor recebido em adiantamento. Esse lançamento se trata do débito realizado na conta corrente do adiantamento, que será baixado na ocasião da entrega do produto, ou seja, na emissão da Nota Fiscal.

OBS.: a categoria 'Adiantamento de Clientes' do 'Lançamento de Conta Corrente' deve estar classificada como uma Despesa no Omie:

Lançamento contábil:

Como foi configurado o lançamento no Plano de Contabilização Financeiro:

Na aba 'Categorias' do Plano de Contabilização foi informada a conta contábil para a categoria referente à transação de Despesa (Adiantamento de Clientes) do Lançamento a Pagar em C/Corrente:

E na aba 'Contas Correntes' está informada a conta contábil da respectiva c/corrente (Adiantamento de Cliente):


DOCUMENTO DE ORIGEM 3: Nota Fiscal de Saída

É a Nota Fiscal de Saída emitida no Omie (à partir do Pedido de Venda) para a entrega do produto ao cliente, cujo valor foi recebido antecipadamente:

Lançamento contábil:

Como foi configurado o lançamento no Plano de Contabilização Fiscal:

Veja que na partida devedora do lançamento de contabilização (transação Cliente), está a exceção para a categoria (Receita de Venda - NF) do Pedido de Venda (que originou a NF):


DOCUMENTO DE ORIGEM 4: Baixa Conta a Receber referente ao saldo devedor na C/Corrente de adiantamento

É a Conta a Receber (e sua respectiva baixa) gerada no Omie à partir da emissão da Nota Fiscal de Saída, que irá abater o valor devedor que estava pendente na C/Corrente de Adiantamento (por conta do recebimento antecipado):

Lançamento contábil:

Como foi configurado o lançamento no Plano de Contabilização Financeiro:

Veja que na partida credora do lançamento de contabilização (transação Cliente), está definida exceção para a categoria (Receita de Venda - NF) da Conta a Receber:

E na aba 'Contas Correntes' está informada a conta contábil da respectiva c/corrente (Adiantamento de Cliente):


Com isso, temos 4 lançamentos contábeis gerados para os documentos de origem que compõem o processo de Adiantamento de Clientes:

E que podem ser conferidos por meio dos respectivos razonetes:

Encontrou sua resposta?