Se você passou a utilizar o Desconto de Duplicatas com a ergoncredit, continue a leitura para saber como evitar a troca de boleto ao realizar o desconto.

Mas inicialmente, o que seria a troca de boleto?

- Imagine que você emitiu a sua nota e junto dela o boleto, depois disso decidiu fazer o Desconto de Duplicatas com a ergoncredit. Neste exato momento acontecerá a troca de boleto, ou seja, o seu boleto original será cancelado e um novo será emitido em nome do Fundo de Investimentos, sendo este o novo boleto que deverá ser pago pelo seu cliente.

Se ainda ficou com dúvidas, dá uma olhadinha nas Perguntas Frequentes sobre Desconto de Duplicatas clicando aqui.

Agora que sabemos o que é a troca de boleto, a melhor forma de evitar essa operação é no momento da emissão da sua nota, não gerar o seu boleto junto (mas só faça isso, caso pretenda realizar a antecipação de recebíveis dessa NF-e, ok? 😉)

Desta forma, além de evitar a troca de boleto, você estará também evitando o pagamento da taxa para o banco.

Vejamos a seguir como não emitir o boleto no momento da emissão da NF-e.

Diretamente no seu Pedido de Venda, na aba E-mail para o Cliente, basta desmarcar o “check-box” em destaque logo antes de faturar esse Pedido e gerar a Nota Fiscal:

Além disso, dentro do cadastro do seu cliente, tem uma outra recomendação que, caso você queira parar de gerar boletos em todas os faturamentos para um cliente em específico, pode ser desmarcada para evitar a emissão automática do boleto, “Por padrão Gerar Boleto ao Emitir NF-e, NFS-e ou Recibo?”:

🎯🚀

Encontrou sua resposta?