Por diversos motivos, tais como a gigantesca carga tributária, o famoso "custo Brasil", um parque industrial desatualizado e com pouca ou nenhuma inovação, uma tendência cada vez mais percebida é a importação de produtos. Por incrível que pareça, muitas vezes fica mais barato trazer um produto vindo do outro lado do planeta do que fabricá-lo aqui.

Dessa forma, além de uma boa gestão de estoque, um processo bastante relevante no processo de importação é a emissão da nota fiscal de nacionalização dos produtos, que é a última etapa de toda cadeia de importação. 

Tendo a DI (Declaração de Importação) em mãos, ou os arquivos XML ou TXT que demonstram as informações da importação, é só emitir sua nota fiscal.

No Omie é possível emitir sua NF-e de Importação de 2 formas:

Encontrou sua resposta?