Nessa etapa o sistema exibirá a lista com todos os cadastrados de clientes e fornecedores, para que você possa validar como será feito a contabilização relacionada a contrapartidas e baixas envolvendo clientes e fornecedores, assim como fazer a troca da conta contábil, caso seja necessário:

Perceba que na parte superior, na targeta amarela, há contas contábeis já selecionadas, essas contas foram configuradas lá no passo B - Principais Contas Contábeis e são automaticamente incluídas em todos os cadastros como contas contábeis padronizadas.

Configurando Conta do Cliente ou Fornecedor

Caso você precise que cada cadastro de cliente ou fornecedor possua uma conta contábil específica, basta um duplo clique sobre ele ou clicar na opção “Clique aqui para preencher a conta analítica”, na sequência o sistema mostrará a tela:

1 – Conta Contábil de Cliente ou Fornecedor: No Omie o cadastro de cliente e fornecedor é unificado, ou seja, posso ter apenas um cadastro para cliente e fornecedor. Nessa tela o sistema mostrará a conta padrão configurada na etapa B – Principais Contas Contábeis, caso deseje fazer a troca da conta e colocar uma analítica, basta clicar na lupa e selecioná-la no plano de contas;

2 – Conta Contábil de Adiantamento de Cliente ou Fornecedor: É possível também definir uma conta analítica de adiantamento para esse cliente ou fornecedor conforme a opção selecionada no passo D – Contas Correntes de “Gerar os lançamentos utilizando a conta de adiantamento do cliente ou fornecedor”;

3 – Detalhes da contabilização: Na targeta amarela, o sistema mostrará como será feito a contabilização para esse cliente ou fornecedor, no exemplo acima, utilizando a conta contábil padrão.

Configurando Conta do Cliente ou Fornecedor por Planilha

Se a contabilização de Cliente e Fornecedor for de forma analítica é possível também fazer a amarração dessas contas automaticamente através da importação do plano de contas por planilha no Passo 2 – Plano de Contas.

Uma das colunas da planilha de importação do plano de contas é opcional e traz o campo “CNPJ do estabelecimento”:

Basta incluir o CNPJ ou CPF do estabelecimento na mesma linha da conta contábil relacionada. Após importar a planilha, o sistema fará a leitura das informações colocadas nessa coluna comparando com o CPF ou CNPJ cadastrado no Omie e faz a amarração automaticamente dessa conta.

Pronto! finalizamos a configuração da sexta etapa do passo 3 - Integração Contábil 😊

Para saber como configurar a próxima etapa G - Deptos x Centros de Custo, clique aqui.

Encontrou sua resposta?