1. Acessando o Painel de Ordens de Serviço

Para incluir uma nova ordem de serviço, acesse o cadastro de ordens de serviço seguindo o caminho acima.

2. Dados Principais da Ordem de Serviço

  1. Cliente. Cliente para quem você está prestando o serviço. Caso seja um cliente novo, você pode incluí-lo diretamente daqui. Para isso, basta clicar no "lápis amarelo" e a inclusão do cliente será acionada. Confira também os artigos "Como cadastro meus clientes e fornecedores?" e "Quais são as informações obrigatórias para poder emitir uma Nota Fiscal de Serviço (NFS-e)?".
  2. Previsão. Data que indica quando você deve concluir o serviço e consequentemente faturar.
  3. Vendedor. Nem precisa de explicação :) Mas, cabe uma observação: o vendedor informado aqui será levado também para o contas a receber gerado pelo faturamento da ordem de serviço. Isso pode ser muito útil caso você queira apurar comissões depois para sua equipe.
  4. Número de Parcelas. Vai ser bacana com o cliente e parcelar o serviço? É aqui que você informa o quão bacana vai ser. O número de parcelas indica quantas contas a receber serão geradas quando a ordem de serviço for faturada. Por exemplo, se o total é de R$ 900,00 e você indicou que são 3 parcelas, serão geradas 3 contas a receber, cada uma no valor de R$ 300,00.
  5. Valor Total dos Serviços. Total que será cobrado do cliente. Esse campo é atualizado automaticamente, e é a somatória de todos os serviços incluídos na ordem de serviço

Dica: depois de preencher os campos não se esqueça de clicar no botão "Salvar", conforme destacado na figura acima.

3. Incluindo os serviços que estão sendo prestados na Ordem de Serviço

Se é uma ordem de serviço, nada mais justo do que definir quais são os serviços que serão prestados nessa execução. Para isso, existem duas formas:

  1. selecionando um serviço que já foi cadastrado antes
  2. informando os dados manualmente

3.1. Forma 1: selecionando um serviço que já foi cadastrado antes

Clique na opção "Selecionar serviços já cadastrados" conforme destacado na figura acima.

3.2. Escolhendo o serviço

  1. escolha e marque o serviço que deseja incluir

Clique no botão "Incluir os serviços selecionados"

3.3. Forma 2: informando os dados manualmente

Clique no botão "Novo Item", conforme destacado na figura acima:

  1. Tributação dos Serviços. Forma que o governo calcula o imposto sobre esse serviço. Essa informação você deve verificar com seu contador e/ou com a prefeitura de seu município.
  2. Código do Serviço Municipal. Código que identifica o serviço na prefeitura do seu município. Essa informação você deve verificar com seu contador e/ou com a prefeitura de seu município.
  3. Alíquota ISS (%). Alíquota do imposto sobre serviço que será aplicado no valor cobrado. Essa informação você deve verificar com seu contador e/ou com a prefeitura de seu município.
  4. Quantidade. Quantos serviços foram prestados. Pode parecer estranho falarmos de quantidade em prestação de serviço, mas imagine que você acumulou os serviços prestados durante um mês e vai faturar tudo de uma vez para o cliente. Assim sendo, você pode cobrar "4 instalações de ar condicionado", por exemplo.
  5. Valor Unitário do Item. Preço que você cobra pelo serviço.
  6. Valor Total do Item. Multiplicação do campo "Quantidade" pelo campo "Valor Unitário do Item". O Omie faz essa conta automaticamente pra você.
  7. Valor do ISS. Valor do imposto sobre serviço, sendo o resultado do campo "Alíquota ISS (%)" aplicado no campo "Valor Total do Item"
  8. Retido. Dependendo da prefeitura e do tipo de serviço, o valor do ISS deve ser retido. Ou seja, o valor do imposto vai ser abatido do valor que você vai receber do cliente.
    Por exemplo, você prestou um serviço de R$ 100,00 com ISS de 2% e falou que era retido. O valor líquido da conta a receber que será gerada no módulo de "Finanças" será de R$ 98,00. Essa informação você também deve verificar com seu contador e/ou com a prefeitura de seu município.
  9. Descrição do Serviço. Descrição detalhada do serviço. Você pode descrever e detalhar o serviço prestado, sendo que é essa informação que será impressa na nota fiscal (NFS-e) no campo "Discriminação do Serviço". Não há nenhuma regra específica, mas fique atento com textos muito longos pois algumas prefeituras aceitam somente textos curtos.

Dica: depois de preencher os campos não se esqueça de clicar no botão "Salvar", conforme destacado na figura acima.

A partir do primeiro serviço incluído, a previsão da receita no módulo de "Finanças" já é gerada.

Encontrou sua resposta?